amamentação
  • Compartilhe:

OS CUIDADOS DA AMAMENTAÇÃO

De importância fundamental para as mamães e, principalmente, para os bebês, o processo de amamentação exige um entendimento melhor para que ele ocorra de maneira tranquila e saudável. Dúvidas são normais, por isso, esclarecê-las antes mesmo de amamentar é o melhor caminho. 

As vantagens

A amamentação é de extrema importância para o bebê. Sendo um alimento completo, o leite materno contém todos os nutrientes de que o bebê precisa, além de anticorpos, não encontradas no leite artificial, que combatem doenças. O leite também vai se adaptando às necessidades do bebê conforme ele cresce. E o alimento é preventivo: o risco de contrair diversas doenças como pneumonia, bronquite e diarreia podem ser reduzidas através dele.

O que fazer antes da amamentação

É normal ficar com dúvidas antes de amamentar. Porém, não há grandes mistérios. O mais importante é que o processo seja natural.

Não é preciso se preparar para “produzir leite” ou conferir se o peito está pronto para isso. O corpo se prepara para o processo depois de aproximadamente 5 dias após o parto, e grande parte do leite é produzido enquanto o bebê mama. Ou seja, quanto mais ele suga, mais leite o peito produz!

Uma dica: vale a pena consultar com o pediatra sobre o processo e também se informar com amigas próximas como foi o acontecimento com elas.

Como fazer a amamentação

Sempre quando o bebê mostrar sinais de fome, o peito deve ser oferecido ao recém-nascido. Durante o processo, embora o bebê coloque quase toda aréola mamária dentro da boca, a amamentação não deve doer. 

O leite possui diversas fases durante a mamada. O leite anterior, logo no começo, é mais leve e serve para a sede. Já o posterior é mais calórico e gorduroso, saciando a fome. Só troque de peito se sentir que a mama ficou mais leve, sinal que o bebê a esvaziou.

Não é preciso controlar o tempo da mamada: ela pode durar de 5 minutos até mais de 40! Tudo depende da fome do pequeno. Até a primeira consulta com o pediatra, é recomendado que o recém-nascido não fique mais de três horas sem mamar. 

Procure ajeitar o seu bebê adequadamente durante a amamentação, pois as vezes a recusa de recém-nascido se deve ao desconforto da posição em que está!

Os principais problemas de amamentação

Embora simples, há alguns problemas comuns durante a amamentação.

Os principais são: dor nos mamilos (provocada pela “pega” incorreta do bebê no peito) e a produção excessiva ou baixa de leite (ocasionada pelo próprio corpo).   

Todos esses problemas apenas podem ser identificados durante o processo de amamentação. Portanto, não é preciso se preocupar previamente! É fácil de resolver indo a um pediatra, ou a um banco de leite materno. 

Caso você tenha dúvidas, saiba que a Clínica Salute conta com o Espaço Mulher, local especialmente desenvolvido para atender as demandas das mulheres.

Marque sua consulta através do (51) 3012-6002.

E caso você seja gestante, contamos com um e-book que trata exclusivamente sobre o processo de gestação, os cuidados necessários e as transformações que a mulher passa ao longo dos meses: Baixe já o seu!

BICO: PODE OU NÃO PODE?

Dizem que ela existe há cerca de 3 mil anos. E já era utilizada para tranquilizar os… Leia mais »

continuar lendo
  • Compartilhe:

VARIZES: MARCAS INCOVENIENTES

É preciso ficar sempre bastante atento às questões que envolvem nossa saúde. As chamadas varizes,… Leia mais »

continuar lendo
  • Compartilhe:
Onde Estamos Clinica Salute - Av. Otto Niemeyer, 2685Cavalhada - Porto Alegre/RSONDE ESTAMOS