• Compartilhe:

CONHEÇA OS 5 PRINCIPAIS PROBLEMAS RESPIRATÓRIOS

O coronavírus chegou e com ele a preocupação com doenças respiratórias também. Isso porque o outono traz a queda nas temperaturas, o que piora os sintomas de quem já sofre com problemas desse tipo. Dessa forma, caso ocorra falta de ar não precisa já ficar achando que está infectado com a Covid-19. Claro, é sempre bom estar atento, mas se já há passado em relação a essas complicações, é possível que seja apenas uma manifestação dessas causas.

Pensando nisso, elencamos os 5 principais problemas respiratórios para você poder ter noção do que está causando os incômodos respiratórios. São eles:

Asma
É uma doença inflamatória que atinge as vias aéreas. Geralmente, ela se manifesta na infância, mas pode também aparecer com o crescimento ou até na vida adulta. A causa do problema está na inflamação dos brônquios devido à agentes como poluição e alergias alimentares, apresentando sintomas como tosse, chiado no peito, dificuldade para respirar e dor no peito.

O tratamento se dá por meio de medicamentos, sendo eles receitados de acordo com a sua idade, sintomas e estímulos para o começo das crises.

Bronquite
Assim como a asma, a bronquite também é uma inflamação dos brônquios, e acontece quando o muco fica acumulado nas vias aéreas. Ela pode ser de dois tipos, aguda ou crônica. Na aguda, as causa geralmente são virais, decorrentes de gripes e resfriados, enquanto que na crônica é causada pela poluição do ar e potencializada pelo ato de fumar.

O principal sintoma para as duas categorias é a tosse, mas podem apresentar chiado e dificuldade ao respirar. Em alguns casos, ainda é possível ter febre e calafrios, mas não é comum. A aguda não tem tratamento específico, visto que é viral. Assim, dura de 10 a 15 dias. O uso de vaporizadores e uma boa hidratação são fatores que possibilitam uma cura mais rápida. Já a intervenção da crônica se dá pelo indivíduo parar de fumar e frequentar ambientes sem essas partículas químicas tóxicas no ar.

Rinite
A rinite é desenvolvida por uma infecção das vias nasais. Causada por vírus, bactérias e alérgenos, tem seu pico de aparecimento nas estações mais frias, o que a associa aos resfriados. Os principais sintomas são obstrução das vias do nariz, coriza, espirros, coceira e alteração no olfato.

Ela pode ser aguda ou crônica. A aguda dura de 7 a 10 dias e seu tratamento consiste em intensificação da higiene nasal, descongestionantes tópicos e analgésicos (quando necessário). A crônica se caracteriza quando a duração passa por mais de 3 meses e é tratada pelo uso da menor dose possível de medicamentos que amenizem os sintomas.

Sinusite
A sinusite é uma inflamação que atinge os seios da face, área localizada ao redor do nariz e dos olhos e nas maçãs do rosto. Ela é causada tanto por vírus e bactérias quanto por poeira e cheiros mais fortes.

Assim como a bronquite e a rinite, ela também é dividida entre aguda (duração inferior a 12 semanas) e crônica (duração superior a 12 semanas). Os principais sintomas para ambas as categorias são dores faciais, nos maxilares e nos dentes, redução ou perda temporária do olfato, dor de ouvido, catarro e garganta inflamada. Além desses, na crônica o afetado apresenta também tosse e raramente febre.

O tratamento consiste misturando água e sal e pingando aos poucos nas narinas. Além dessa, pode ser feito o uso de antibióticos, corticoides e descongestionantes. Para fazer o uso desses medicamentos, é preciso o diagnóstico de um médico. Caso nenhuma dessas alternativas surtir efeito, existe a possibilidade de fazer uma cirurgia endoscópica, em que é removida a obstrução nasal e há a opção de aumentar a abertura do seio estreito.

Faringite
A faringite é a infecção da faringe, parte de cima da garganta que liga a boca e o nariz à laringe a ao esôfago. Ela pode ser ocasionado tanto por vírus, quanto por bactérias. Dessa forma, os sintomas são diferentes para cada tipo de contaminação. Na viral, as manifestações são dor de garganta, coriza, dificuldade para engolir, tosse e febre baixa. Já os sinais bacterianos são, além desses, febre alta, aumento dos linfonodos (órgãos responsáveis por evitar partículas estranhas no sistema circulatório), dores no corpo e secreção nas amígdalas.

Ao ser causada por um vírus, o tratamento é feito pela hidratação constante e uso de analgésicos e anti-inflamatórios. Quando a bactéria é o agente causador, são recomendados antibióticos.

Esses são os principais problemas respiratórios que assolam nossas vias aéreas. No entanto, podemos tomar medidas para evitar que eles nos atinjam. Para se precaver, é recomendado:

Tomar bastante líquido: A hidratação é essencial. Além disso, a ingestão de vitamina C ajuda no combate à resfriados e gripes, o que muitas vezes são os causadores dos problemas.

Ar puro: Evite ambientes fechados e poluídos. Assim, exercitar-se ao ar livre e não fumar são exemplos positivos de prevenção.

Xô, ácaros!: Esteja sempre atento ao acúmulo de pó e à limpeza de itens como tapetes, pelúcias, cortinas e roupas de cama.

Respirar pelo nariz: Ao respirar pelo nariz, nosso corpo filtra e aquece o ar antes de entrar em contato com as demais partes. Isso ajuda a evitar os sintomas de irritação das doenças respiratórias.

Alimentar-se bem: Uma dieta saudável proporciona um sistema imunológico mais forte, o que é primordial para espantar esses tipos de problemas.

Agora, você já sabe as causas de cada doença relacionada ao ar e como evitá-las. Então, é hora de se cuidar e estar sempre atento aos possíveis sinais. Afinal, quanto antes identificada, melhor e mais rápido será a cura.

Além disso, é importante conhecer melhor os diversos problemas respiratórios, pois um dos sintomas da COVID-19 é a falta de ar. Portanto, saber diferenciar as doenças é essencial para entender os riscos envolvidos e poder tomar todo o cuidado possível.

E lembre-se de que a Salute é sua parceira para tratar essas adversidades. Nossa equipe de médicos está sempre disponível para lhe atender e promover o seu bem-estar o mais rápido possível. Conte com a gente!

Perto de Você

Seja atendido em todas as nossas unidades.

Unidade Zona Norte

Av. Assis Brasil, 2154 -
Porto Alegre/RS

Unidade Centro

Av. Borges de Medeiros, 294 -
Porto Alegre/RS

Unidade Restinga

Av. Economista Nilo Wulff, 898 -
Porto Alegre/RS

Unidade Cavalhada 1

Av. Otto Niemeyer, 2685 -
Porto Alegre/RS

Unidade Cavalhada 2

Av. Otto Niemeyer, 2695 -
Porto Alegre/RS